Inspirada nas coloridas e brilhantes estações de Paris, a Estação de Chamberí foi inaugurada em 1919 como parte da primeira linha do metrô de Madrid. Em 1966 deixou de ser utilizada e permace abandonada até a atualidade. 

Com o passar dos anos, os trens foram ficando cada vez maiores e as estações foram se adequando aos novos tamanhos. No entanto, a de Chamberí não pôde ser ampliada por estar localizada em uma curva e, por esse motivo, deixou de funcionar em 1966 e fechou suas portas.

Após passar várias décadas abandonada, a estação abriu novamente as suas portas no ano de 2008 como parte do projeto "Andén 0". A partir disso, não deixou de transportar os seus viajantes pelo tempo. 

Um passeio pelo passado

Após passar pelas catracas e percorrer os corredores de azulejos até a plataforma você verá um espaço onde parece que o tempo parou. Ainda se conservam os antigos cartazes publicitários de cerâmica da época, além das bilheterias, os móveis e os vários elementos originais

Os metrôs da linha 1 atravessam a Estação de Chamberí em alta velocidade como se fosse uma estação fantasma. Por isso, durante o trajeto entre Bilbao e Iglesia é difícil notar a presença da estação de Chamberí.

Horário

Quinta-feira: das 10:00 às 13:00 horas.
Sexta-feira: das 11:00 às 19:00 horas.
Sábados e domingos: das 11:00 às 15:00 horas.
Há visitas a cada uma hora em ponto.

Preço

Entrada gratuita.

Transporte

MetrôAlonso Martínez (linhas 4, 5 e 10), Bilbao (linhas 1 e 4) e Iglesia (linha 1).
Ônibus: linhas 3, 40 e 147.